Menu
Cart 0

Mary's Testimony (Portuguese)

  • $ 3300

PrintMyTract.com logoNOTE: This item is custom-printed to order (click for more details).

Printing Time
Tract Quantity
Add Your Custom Imprint—FREE! (click for more details)

 


  • Estimated shipping date: Monday, February 20 (Click for more details)
  • SKU:
  • Discounts: Discount coupons do not apply to this item
  • Format: Folded Tract
  • Size: 3.5 inches x 5.5 inches
  • Pages: 4
  • Returns: Because this item is custom-printed to order, it cannot be returned.

Show all item details


The full text of this tract is shown below. (Do you want to print this tract in a different version than the one listed? Contact us and let us know what you're looking for—we may be able to create the alternate version for you at no charge.)

O Testemunho de Dona Maria

Quero contar-lhes um lindo testemunho de uma senhora chamada Maria. Ela cresceu em um pequeno povoado no interior do Brasil e era uma católica romana ferrenha. Toda vez que havia um evento ou uma reunião na sua paróquia, ela fechava o seu pequeno comércio e ia para a igreja.

Um dia ela recebeu um convite para assistir a uma reunião cristã para “casais” e, mesmo sendo solteira, ela foi. Ao receber o convite, Maria logo disse para a missionária que era católica, mas recebeu a certeza de que ela iria ser mais que bem-vinda. Durante as semanas seguintes, aquela senhora de baixa estatura começou a trazer outras pessoas para ouvir o Evangelho, mesmo que ela mesma ainda não houvesse se entregado a Cristo.

Ela começou a assistir à Escola Dominical e passou a comentar sobre como ela gostava tanto do fato que as missionárias estudavam a Palavra de Deus e, também, fazia perguntas que tinham a ver com o que a Bíblia realmente dizia, em vez de simplesmente aceitar o que os outros diziam sobre a Bíblia.

Com o tempo, ela começou a se abrir mais e confidenciou que estava sofrendo perseguição por parte de alguns membros da igreja católica que ela participava no vilarejo e isso fez com que ela fosse cada vez menos a eventos lá. Em um estudo bíblico numa terça-feira, houve uma mudança de oradores e o homem que compartilhou a Palavra falou simples e claramente sobre a diferença entre religião e ter um relacionamento com o Senhor Jesus Cristo. Ele explicou pausadamente sobre os conceitos de “graça” e “misericórdia” e como essas ideias se relacionam com a salvação. No final do estudo, ele chamou a atenção para o texto de Romanos 10.9-10, que tem a ver com a necessidade de crer e confessar o Senhor Jesus. No final, a pessoa que deu o estudo respondeu algumas perguntas que Maria fez e então ela se retirou. Essa foi a última vez que as missionárias iriam ver Maria ainda viva. Menos de 48 horas depois daquela reunião, Maria sofreu um aneurisma cerebral e entrou em coma.

As missionárias falaram com um pastor que estava no hospital e ele foi informado por uma sobrinha dela, dando conta que Maria lhe testemunhou, incansavelmente, que havia sido salva na noite de quarta-feira, e estava esperando ardentemente pelo culto de domingo para que ela pudesse confessar publicamente isso para as pessoas que estivessem no culto. Na sexta-feira pela manhã ela faleceu na presença de seu Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

As missionárias e algumas outras pessoas do estudo bíblico puderam fazer um pequeno culto em honra à dona Maria antes que a família fizesse a cerimônia fúnebre católica celebrada pela igreja anterior de dona Maria. Foi entristecedor para as missionárias terem que se deparar com os rituais que fizeram parte daquela cerimônia – as mesmas leituras e repetições que dona Maria passou a vida inteira fazendo, antes de ela chegar ao conhecimento da verdade. Nas suas últimas horas, ela havia renunciado àquelas mesmas crenças, havia depositado sua confiança apenas no Senhor Jesus Cristo e recebido a vida eterna, vida essa ela está desfrutando hoje. As mudanças começaram a acontecer na vida de dona Maria antes mesmo de ela ser salva:

Ela costumava reverenciar Maria, a mãe de Jesus, como sendo “A Santa”, mas abandonou essa prática.

Ela parou de recitar o rosário.

Ela telefonou para uma parente sua a fim de dizer que havia aceitado a Jesus como Salvador.

Agradeça a Deus pelo testemunho gracioso de dona Maria, mesmo que ela não tenha tido a oportunidade de verbalizá-lo publicamente.

Por favor, ore pelos familiares de dona Maria que estão ainda tão arraigados em uma tradição e assim precisam do mesmo Salvador que dona Maria abraçou logo antes de sua morte.

E o que dizer de você? Ainda está tentando seguir “passos” (esforços) que possam levar você até ao céu? Você está confiando na religião como a melhor resposta para a eternidade? A Bíblia nos diz que todos pecaram e carecem da glória de Deus (Romanos 3.23). Em Romanos 6.23 também diz que o pagamento (salário) pelo pecado é a morte, mas o PRESENTE (DOM) de Deus é a vida eterna por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. Como você recebe esse presente? A Bíblia nos diz em Tito 3.5: “Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo”. Jesus disse em Lucas 5.32: “Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento”. Romanos 10.9, 10, 13 nos diz: “...Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação;... porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.

Ore a Deus, pedindo perdão pelos seus pecados e para que você possa abandonar sua confiança em religião ou qualquer outra coisa ou pessoa na qual você esteja confiando e voltar-se a Deus, e a Deus somente, para a sua salvação! Dona Maria foi agraciada com a capacidade de compreender que pelo seu esforço ela não poderia ganhar a salvação e hoje ela se regozija na provisão salvadora do seu Mestre.

Back to top of page


We Also Recommend